O Parkinson sob a visão da Acupuntura

  O Parkinson é uma doença que acomete indivíduos entre os 50 e 60 anos e é proveniente de uma disfunção dos gânglios da base. A doença se desenvolve pela perda celular e despigmentação da substância negra e por alterações bioquímicas no striatum corpus. Quando conectados, dopamina e acetilcolina servem de neurotransmissores, porém na doença de Parkinson, a dopamina se torna escassa e a acetilcolina aumenta, provocando os distúrbios de movimento, rigidez e tremor.acupuntura e parkinson

  Um dos primeiros sintomas da doença é o tremor que geralmente inicia-se somente nas mãos, evoluindo com o passar do tempo para rigidez e perda dos movimentos. A perda dos movimentos compromete todo o corpo incluindo a face, evoluindo para perda dos movimentos respiratórios também.

 Para a medicina chinesa o Parkinson pode ser provocado por alguns fatores como dieta irregular, tensão emocional e excesso de trabalho. Nesse caso a energia do fígado sempre estará envolvida, porém somente com um diagnóstico através de uma avaliação de cada pessoa portador da doença é que podemos determinar o que está provocando essa desarmonia. 

acupuntura e parkinson 2 Esse desequilíbrio pode surgir de quatro condições distintas sendo elas, calor, subida do yang do fígado , fogo do fígado e deficiência do sangue do fígado ou do yin do fígado. Lembrando sempre que esses padrões causadores do Parkinson estão relacionados a Medicina Tradicional Chinesa, se diferenciando assim do diagnóstico feito pelo médico neurologista.

Para poder tratar corretamente o paciente com parkinson devemos realizar uma avaliação minuciosa para identificar corretamente qual padrão estará gerando o vento interno que provoca os tremores na doença. Após esse diagnóstico poderemos melhorar a qualidade de vida dessa pessoa controlando os tremores e a rigidez e com isso melhorar a função do movimento comprometido.

Por: Dra. Rackel Monte